x

Como esfoliar o rosto corretamente Confira as dicas de uma dermatologista para desfrutar dos diversos benefícios da esfoliação.

Nossa pele sofre um processo de renovação constante. Mal percebemos isso, mas todo dia ela passa por uma descamação natural para descartar as células mortas, que envelhecem e deixam a pele opaca. Porém, nem todas as regiões do rosto descamam por igual, por isso a esfoliação facial é importante para igualar a superfície da pele.

Segundo a dermatologista Fabianne Gava, esfoliar o rosto ajuda a aumentar a velocidade de renovação celular, mantendo a pele jovem e saudável, além de aumentar a penetração de ativos na pele. Fora isso, ainda ajuda a potencializar a hidratação. Com todos esses benefícios, esse é definitivamente um ritual que não pode ficar de fora da nossa rotina de beleza.

Mas como esfoliar o rosto corretamente sem agredir a pele? Segundo a dermatologista, devemos realizar o processo de 1 a 2 vezes por semana, tudo depende do tipo de pele (quem tem pele com problemas severos de acne deve procurar um dermatologista, pois em certos casos a esfoliação não é recomendada).

 Esfoliação facial

Fabianne alerta que, antes de tudo, a pele precisa estar limpa. Você pode esfoliar durante o banho, com a pele úmida. Tanto o sabonete esfoliante em barra quanto o esfoliante líquido devem ser aplicados em movimentos circulares, sem aplicar muita força. Isso evita que a esfoliação machuque a pele, de acordo com a dermatologista. Procure evitar a área dos olhos, que é mais sensível.

Outro cuidado que devemos ter é usar um esfoliante correto. “Esfoliantes corporais são mais abrasivos”, afirma Fabianne. Isso significa que têm poder de desgaste maior na pele, podendo agredir a pele do rosto. Por isso, prefira esfoliantes específicos para o rosto, como o Dermotivin Scrub, que serve para todos os tipos de pele e foi formulado para fazer uma esfoliação eficaz sem agredir a pele.

 

OPS!

Estamos com algum problema de conexão!

Por favor, atualize a página ou tente novamente mais tarde.