x

Como aproveitar o congestionamento Ideias para aquela descida para a praia que deveria ter durado 2 horas...

 TRANSITO_01

Alta temporada e o que era uma descidinha básica de 2 horinhas para a praia, se transformou num engarrafamento sem previsão de chegada.

Calma! Agora não adianta estressar. A Glambox separou ideias produtivas (e uma “leitura” genial) pra você fazer nesse momento que seria de tensão. Leve na bolsa:

  • Arrume o porta-luvas!
  • Arrume a bolsa e carteira!
  • Atualize a agenda do seu celular
  • Apague as fotos imprestáveis do seu celular
  • Já que está com o celular na mão, mande torpedo pra aquela pessoa que sente saudade
  • Sintonize em estações que você nunca ouviu
  • Ouça, curta, cante junto a sua playlist favorita do momento. Ninguém vai te julgar.
  • Ler (jornais ou revistas podem ser menos cansativos do que livros para esse caso)
  • Se possível, desça do carro e estique-se. Também vale puxar assunto com quem está fazendo o mesmo que você!
  • Tablet/Ipad Joguinhos e documentários interessantes
  • Está acompanhado? Inventem jogos do tipo “stop”, “cotinue a história”, etc
  • Lanchinho – Boas opções são: bolachinhas, castanhas e muita água
  • Escreva suas ideias
  • Estude. Dê uma treinada no seu inglês, por exemplo
  • Ligue para um parente ou amigo querido e conte da sua situação
  • Alongue-se e/ou mergulhe num Cd de relaxamento

 TRANSITO_LIVRO_03

Dica super super:  Livros de atividades/interação para adultos O livro de atividades para adultos “Destrua Este Diário” (versão nacional do ótimo “Wreck This Journal”), se trata de um livro interativo recheado de atividades para adultos que além de testar as suas lembranças e criatividade, faz passar o tempo de uma maneira genial.

LIVRO400x400

"Um diário costuma servir para anotar ideias, memórias ou registros do cotidiano. Keri Smith, ilustradora e artista canadense, inventou um tipo diferente de diário, que exige do usuário uma interação mais lúdica e inusitada. Com a proposta de estimular a criatividade e questionar convenções sobre a forma como lidamos com os objetos, Destrua este diário nos convida a rasgar páginas, rabiscar, pintar fora das linhas, manchar e até mesmo levar o livro para o banho. A ideia surgiu quando Smith começou a refletir sobre o início da sua carreira como artista e percebeu que o perfeccionismo tão exaltado na nossa cultura era um grande empecilho do processo criativo. A experiência fez com que ela entendesse que é preciso esculhambar a monotonia e o lugar-comum para que o novo possa surgir. "

 

 

OPS!

Estamos com algum problema de conexão!

Por favor, atualize a página ou tente novamente mais tarde.