x

Desodorante Íntimo?! Conheça este produto que é febre nos EUA!

*São vendidos 1 milhão de desodorantes por mês nos EUA, totalizando 12milhões/ano. Esse número representa 60% das vendas de Sabonete Íntimo.



Entenda melhor: saúde íntima

 

calcinha.jpg

A pele da região íntima é a mais sensível, delicada, com mais terminações nervosas e glândulas de suor de seu corpo. Por isso, você precisa sempre tratar dessa pele com produtos que respeitem as características especiais desta região, ou seja:  hipoalergênicos, desenvolvidos e testados por ginecologistas, com ingredientes suaves e que também respeitem a faixa de pH específica da região vaginal, responsável pelo equilíbrio das defesas naturais.

Da mesma forma que uma mulher usa produtos diferentes para cada parte do corpo, como rosto, corpo, mãos e pés, ela também deve ter este mesmo cuidado com a área vaginal.

 Além disso, é muito importante que a mulher conheça muito bem o seu corpo, de modo que saiba identificar se qualquer alteração é normal ou se requer uma visita ao ginecologista.

As principais queixas ginecológicas costumam ser o odor, ressecamento e a coceira.

Seguem abaixo algumas informações a respeito destas queixas:

ODOR

Muitas mulheres temem o odor vaginal, e que ele possa ser causado por falta de higiene, mas isso quase nunca é o caso.

São diversas as causas de odor como o suor, secreções normais da vagina, fluxo menstrual, o cheiro próprio de cada mulher, vazamento de urina, medicamentos e vitaminas e até mesmo a ingestão de alho, que acaba saindo no suor.

A maioria das mulheres fica bastante incomodada com a presença de cheiro íntimo, que na maior parte das vezes não pode ser detectado por outras pessoas.

O QUE FAZER PARA EVITAR O ODOR

  1. Se o odor for acompanhado por corrimento de coloração diferente é importante visitar o ginecologista para descartar uma infecção
  2. Use roupas íntimas de algodão e se necessário troque-as durante o dia
  3. Pense se você está tomando uma vitamina nova ou medicamentos que podem causar o odor e adie por alguns dias, se possível.
  4. Apesar dos pelos pubianos serem uma proteção da área íntima, muitas vezes o excesso deles pode contribuir no aumento da transpiração e retenção de suor e bactérias, por isso mantenha-os aparados, especialmente na área da virilha. Não é recomendada a remoção completa dos pelos íntimos.
  5. Corrigir qualquer vazamento urinário. Certifique-se de que você não tem uma infecção urinária e aprenda a fazer exercícios Kegel (para fortalecimento do assoalho pélvico).
  6. Observe a sua alimentação e tente relacionar a ingestão de alguns alimentos em dias anteriores à presença de um odor mais forte que lhe desagrade.
  7. Conte com produtos de higiene íntima com tecnologia de prevenção de odores.
  8. A ducha íntima não é útil e pode ocasionar infecção pélvica.

COCEIRA

O motivo mais simples de coceira são as camadas de roupas apertadas que retêm a umidade. Uma vez que transpiramos na área vulvar, não leva muito tempo até que esta umidade, juntamente com resíduos de sabão, alvejante e amaciante nos tecidos das roupas causem irritação e coceira.

Outro potencial causador de coceira, por incrível que pareça é o excesso de higiene, como tomar banho com a água muito quente, esfregar a área íntima com sabões de limpeza profunda ou anti-sépticos, frequência de limpeza excessiva, como por exemplo a cada micção.

Os produtos escolhidos são outros possíveis culpados. As pessoas podem ter alergias diversas e um produto de higiene pessoal que funciona para uma pessoa pode desencadear uma reação alérgica em outra. Até mesmo o sabão puro pode ressecar e agredir a pele.

Há uma série de doenças de pele que desencadeiam a coceira na pele vulvar, tal como o eczema e a psoríase. Com a menopausa, o nível baixo de estrógeno pode originar a secura e a coceira.

Claro que existem causas patológicas de coceira íntima. Justamente por isso é importante observar o seu corpo e seus hábitos, para aprender a diferenciar o que é normal daquilo que requer uma visita ao ginecologista.

O QUE FAZER PARA EVITAR A COCEIRA

  1. Evite usar protetor diário de calcinha; troque sua calcinha frequentemente se você estiver molhada.
  2. Evite meias-calças e calcinhas apertadas. Fique sem calcinha quando você estiver em casa e não vista a roupa de baixo. Da mesma forma, tente dormir sem nada.
  3. Identifique possíveis substâncias abrasivas, desde o tipo de detergente para a roupa que você está usando a quaisquer produtos de cuidados pessoais, e elimine a substância ou substâncias que agridem a pele. Use sabão suave e sem perfume.
  4. Se o estrógeno estiver baixo, procure um ginecologista para ajudar a escolher algum método de alívio.
  5. Evite duchas e banhos muito quentes. A água quente pode ressecar a pele e promover a coceira.

 

RESSECAMENTO

O ressecamento vaginal deixa a vulva e a vagina ressecadas, com a pele fina, pálida e frágil, ficando mais vulneráveis a pequenas lesões, infecções e até sangramentos.

O ressecamento pode causar coceira e dor durante as relações sexuais, sendo uma das principais causas de dificuldades sexuais da mulher, impactando diretamente na qualidade de vida da mulher.

Por isso, caso a mulher esteja sofrendo com ressecamento vaginal, é importante que ela cuide disso e converse abertamente com seu médico  sobre o assunto.

Em qualquer fase da vida da mulher, a principal causa do ressecamento vaginal é a falta de estrogênio, que tem diversas funções como ajudar a manter o ph vaginal saudável, manter a pele elástica, produzir muco e auxiliar na circulação sanguínea.

Com a baixa de estrogênio, a mulher perde os benefícios do estrogênio, fazendo com que a mulher perca lubrificação e hidratação.

Causas de baixa de estrôgenio incluem: menopausa, amamentação, medicamentos, pílulas anti concepcionais somente de progesterona, fumo, excesso de álcool, falta de atividade sexual e até mesmo a obesidade.

O que fazer para aliviar o ressecamento

  • Existem diversos lubrificantes como o Vagisil que podem aliviar imediatamente o ressecamento e que todas as mulheres podem usar sem prescrição.
  • Converse também com seu médico sobre terapias de reposição hormonal, localizadas ou não.

 

VAGISIL

Vagisil é a marca mundial de Saúde Íntima da Combe, com mais de 39 anos de existência e investimento contínuo em pesquisas nos laboratórios de Vagisil Research Center, NY – EUA

Com a colaboração de ginecologistas e consumidoras criamos produtos que atendem a necessidades específicas de mulheres reais.

Todos nossos produtos são ginecologicamente testados, suaves para proteção diária, hipoalergênicos e livre de bactericidas, álcool e anti-transpirantes.

Desodorante Íntimo?! Conheça: 

 

vagisil.jpg

  

Vagisil Desodorante Íntimo Odor Block

Como complemento da proteção do sabonete íntimo, a proteção ativa do Desodorante Vagisil te acompanha ao longo do dia. Basta usar após o banho e a qualquer hora para sentir o frescor que o pós banho te proporciona, te deixando muito mais confiante.

Como Funciona

Vagisil Desodorante Íntimo foi especialmente  formulado, testado e aprovado por ginecologistas para a proteção diária da mulher.
Hipoalergênico, sem álcool, bactericidas ou antitranspirantes, não agride a região íntima.

Você fica fresca e protegida por mais tempo, com a tecnologia Odor Block, que encapsula  os causadores de odor, prevenindo a sua formação. A proteção Odor Block de Vagisil é uma descoberta inovadora, que vem de um melhor entendimento da saúde intima feminina.

 Exclusiva tecnologia Neutralize Odor®, que age com microcápsulas que capturam e impedem a ação dos causadores de odores íntimos, prevenindo que eventuais odores aconteçam.
 Hipoalergênico, formulado de maneira a minimizar o possível surgimento de alergias.
 Fragrância discreta e delicada.
 Fórmula enriquecida com Aloe Vera e Vitamina E, para suavizar e hidratar a pele.
 Não contém álcool nem gases propelentes.
 Não tem ação bactericida nem antitranspirante

Modo de Usar 

Agite o frasco e aplique duas borrifadas sobre a área vaginal externa e nas regiões próximas. Não precisa enxaguar. Para uma sensação refrescante e de bem estar duradoura, aplique após o banho e reaplique a qualquer hora do dia.

 


*Todas as Glamgirls receberam este produto na edição de Junho/2014!

 

 

 

OPS!

Estamos com algum problema de conexão!

Por favor, atualize a página ou tente novamente mais tarde.