x

Saudável em Paris Oui!

Saudável em Paris para todos os bolsos

SAUDÁVEL EM PARIS PARA TODOS OS BOLSOS

CHEAP & CHIC GOURMET

Você está indo para Paris, mas não quer jogar fora o resultado de meses de academia, corridas, drenagens etc. O que fazer nesse carrossel de tentações gastronômicas? Macarrons, croissants,  molhos amanteigados…e a lista não para por aqui. Não se apavore, a alimentação saudável é um assunto que está em alta por aqui até alguns chef renomados estão revendo conceitos. Fala-se na mídia da: “nova alimentação do século XXI”.

Uma mini revolução no mundo da gastronomia foi iniciada por Michel Guérard, um estrelado chef francês que trouxe a idéia da culinária saudável para as mesas badaladas da cidade. Ele prega uma melhor forma de aproveitar os nutrientes em novas técnicas de preparação de pratos, reduzindo ao mínimo a gordura e o açúcar, nossos maiores inimigos.

Foto acima: o cheesecake de chá verde do Nanashi, eu amo !

Noix de saint jacques com trufas… do atelier robuchon @reprodução

As novas delícias de Paris são pratos cozinhados no vapor, temperados com chá e caldo de legumes que substituem a manteiga. Tudo fresquinho e muitas vezes orgânico.

Os discípulos são tantos, que já existe até uma escola em Eugénie-les-Bains especializada em formar chefs de cozinha saudável. Quer um típico jantar francês com direito a estrelas Michelin e sem nenhuma culpa ? Fique com alguns endereços, não esqueça de reservar…

 

A chef da cozinha sensorial moderna Anne Sophie Pic

 

L’Atelier de Joel Robuchon – http://www.joel-robuchon.net

Le Divellec – http://www.le-divellec.com/

La Dame de Pic – http://ladamedepic.fr/

E para o dia a dia ? E quem não tem tempo e nem orçamento para chef renomados ?

Aqui no Paris me Chama tudo tem solução, afinal, precisa sobrar dinheiro para as compras…

Nesse caso o meu preferido é o Nanashi do Marais, na Rue Charlot. Lá todo o mundo é bonito: do garçom à legião de fashionistas e ecolo-hypster que freqüentam o lugar. Durante a fashion week a fila é impossível, mas eles tem um combinado “bento” que é perfeito seja de carne, peixe ou tofu, além de sucos de fruta naturais, coisa rara em Paris. Experimente o cheesecake de chá verde e capriche no visual, pois a azaração rola solta. 20 euros resolvem.

O bento do nanashi

E para as paleolíticas, é no Naturalia onde vocês todos castanhas orgânicas sem sal, além de comidinhas, e aperitivos sem glúten, sem lactose. É um mercado orgânico, tem na cidade inteira.

Se você cruzar com essa fachada, entre!

E por último tem o Cojean, uma espécie de fast food orgânico, tem sopas, saladas, não é “a refeição”, mas super funciona se você está focada no turismo e quiser algo rápido e bacana. Eles vendem um livro com a receitas dos principais pratos, eu adorei pois em casa as saladas ficam ainda mais incríveis. Também é uma rede com vários na cidade. 10 euros resolvem.

Nanashi – http://www.nanashi.fr/

Naturalia – http://www.naturalia.fr/

Cojean – http://www.cojean.fr/

 

as comidinhas do Cojean

 

Gostou desse post? Então aproveite para fechar o dia em Paris com uma corridinha básica no jardins do Palais Royal e não esqueça de olhar as boutiques, tem uma ótimas por lá que daqui a pouco eu conto…


Conteúdo:

parismechama.logo_menor.png

 

 

OPS!

Estamos com algum problema de conexão!

Por favor, atualize a página ou tente novamente mais tarde.