x

Conheça Joana Lira Designer responsável pela embalagem do perfume Olinda

Quem melhor para criar a identidade visual do perfume Olinda que a recifense Joana Lira?! Filha de artistas, a arquiteta e designer repetiu a parceria com a L’Occitane au Brésil e desenvolveu a identidade visual de um dos nossos produtos preferidos da edição de novembro.

Em seus desenhos, ela respira brasilidade e busca sempre inserir algum elemento que remeta ao nosso país, como forma de homenageá-lo. Anteriormente, ela assinou também as linhas Vitória-Régia e Água de Coco.

- Foto: Divulgação -

Conversamos com ela para entender melhor como funcionou seu processo criativo e quais os hábitos de beleza que ela leva para vida. Olha só:

A gente sabe que essa não é sua primeira parceria com a L’Occitane au Brésil. Mas teve muita diferença entre desenvolver as linhas Vitória-Régia e Água de Coco para a Olinda?

Sim. Cada trabalho teve sua particularidade e riqueza. A linha Vitória-Régia, meu primeiro trabalho com a L’Occitane au Brésil, teve foco no ingrediente em si, na delicadeza da planta, onde ressaltei toda sua feminilidade.Na linha Água de Coco, nosso mote era o verão, com seu colorido e energia. Assim foram criadas três diferentes estampas: Praia, Sol e Mar. Já a linha Olinda, o lançamento mais recente, é uma homenagem direta à mulher. Particularmente a mulher de Olinda, mas amplamente a mulher brasileira, com sua ginga, curvas, alegria, irreverência e intensidade. Isso me inspirou tanto para a criação das ilustrações como para o frasco do perfume. Tenho um xodó especial pela linha Olinda porque ela homenageia diretamente minha essência. Foi um presente!

Cá entre nós, qual das três fragrâncias é sua preferida?

Sem dúvida nenhuma a fragrância de Olinda. Estou totalmente viciada nela!

Pode nos contar um pouco mais sobre o seu processo criativo?

Inicialmente, mergulhei no universo de Olinda e fui tateando os possíveis caminhos visuais. Estudei o casario, os coqueiros, a sinuosidade, os ornamentos e o carnaval. No desenvolvimento de cada uma dessas linguagens, cheguei a conceitos que se tornaram, para mim, imprescindivelmente fortes para embalar a criatividade na criação da nova linha: vivacidade, sinuosidade, feminilidade, fervor, autenticidade e vibração. E assim surgiu a principal inspiração que uniu todas essas característica em uma só imagem: a mulher de Olinda.

O que serviu como inspiração na hora de criar os desenhos que representam a mulher de Olinda, além delas próprias?

Levei cerca de um ano trabalhando no desenvolvimento da ilustração da embalagem e do design do frasco dessa nova linha. Entre as principais referências para minha inspiração criativa está uma percepção particular desta cidade onde passei parte da minha infância. É na tranquilidade que Olinda vive, mas ela não é só quietude. Sua maior festa é o carnaval, época em que a cidade se veste de cor com sua maior virtude: a irreverência. Olinda é feminina, sinuosa, cheia de sobes e desces de ladeira e nos passa sempre a sensação de explosão de vida. Com estas influências, foi possível traduzir Olinda em forma sinuosa, colorida, feminina, irreverente e alegre.

Qual é a sua rotina de beleza?

Acho que minha rotina de beleza é simples. Minha principal preocupação é no cuidado com minha pele, que é muito clara e em geral seca. 

Tem algum hábito de beleza que você se lembra de ter começado em Recife e levado para São Paulo?

Uso diário de protetor solar. Sou muito branca.

Para finalizar, qual é o item indispensável no seu nécessaire?

Perfume, hidratante corporal e creme de mão. Sem eles me sinto nua. Ando com eles na bolsa, inclusive. 

 

OPS!

Estamos com algum problema de conexão!

Por favor, atualize a página ou tente novamente mais tarde.