x

Salto Alto: Saúde x Beleza Saiba quais são as complicações que ele pode causar ao seu corpo e como evitá-las sem descer do salto

 

- Foto: Pinterest -

 

Atualmente, o salto alto faz parte do dia a dia de muitas mulheres, seja por estética ou necessidade profissional. Mas apesar de serem lindos e deixarem o look muito mais elegante, alguns problemas podem surgir quando usamos eles com muita frequência. Conversamos com a equipe da Clínica ITCA Reactive, uma Clínica Multidisciplinar que utiliza os mais modernos tratamentos para melhorar o bem-estar do nosso corpo, e eles nos explicaram um pouco mais sobre o que acontece quando usamos salto alto todos os dias e como podemos diminuir as complicações que ele pode trazer ao nosso corpo.

 

Para começar, esses problemas ou alterações podem ser imediatos ou a longo prazo. Ao colocar o salto, nosso centro de massa (que é o ponto de equilíbrio da descarga de peso do corpo) se desloca para frente, e então, para não cair, aumentamos a lordose lombar (que é a curva da coluna lombar) e muitas vezes ainda compensamos mais um pouco, colocando a cabeça para frente. E a gente nem se dá conta, não é verdade?

 

Quando usamos salto alto todo dia, a musculatura da panturrilha, também chamada de batata da perna, acaba encurtando, causando adaptações na lombar e nas articulações do pé, podendo gerar dor e desconforto. As principais queixas decorrentes do uso de salto são: desvios posturais, dores nas costas, joanete, encurtamento de panturrilha, inflamação do neuroma de Morton (uma alteração do nervo que passa na frente do pé e a mulher tem sensação de choque ao pisar) e fascite plantar.

 

Por isso, se você sente alguma dessas alterações, é muito importante procurar um fisioterapeuta ou ortopedista. Para aquelas que percorrem uma distância longa para ir ao trabalho, recomenda-se que separe um espaço na bolsa para um sapato baixo e evite sempre longas caminhadas no salto alto. Muito melhor, a gente garante!

 

A altura do salto ideal para que as alterações não ocorram é de 4cm. E como sabemos que muitas das mulheres usam saltos mais altos, vale a pena variar a altura e o tipo do sapato, realizar exercícios de fortalecimento de abdômen, quadril e pernas e alongamentos preventivos de lombar e panturrilhas.

 

Gostou das dicas? Saiba mais no site http://clinicaitca.com.br/ e fique por dentro de todos os tratamentos que podem te ajudar caso você já sofra com alguns dos problemas que citamos acima ;)

 

 

 

 

OPS!

Estamos com algum problema de conexão!

Por favor, atualize a página ou tente novamente mais tarde.