x

O que não pode faltar em um creme antirrugas Cientista lista os principais ativos para que o anti-idade dê os resultados que promete.

Com tanta opção no mercado nos mais variados preços, escolher um creme anti-idade pode ser uma tarefa difícil. Ainda mais que, geralmente, não são produtos baratos. O pior de tudo é que grande parte dos ingredientes que supostamente ajudam a reverter sinais de envelhecimento não têm eficácia comprada cientificamente. Para te ajudar a não sair por aí comprando gato por lebre, consultamos um cientista especialista no assunto.

Para que você não escolha no “chute”, comece olhando o rótulo. Segundo Farmacêutico-Bioquímico da RoC®, Nilo Cobeiros, através das informações do rótulo sabemos como o produto age e o que esperar dele. Sem contar, que olhando a lista de ingredientes, pessoas com pele mais sensível ou alérgicas podem evitar efeitos indesejados.

Mulher olhando no espelho

O que procurar no rótulo

Retinol (ou vitamina A)

 “É o mais importante ativo cosmecêutico no combate anti-rugas, com publicações científicas que evidenciam sua ação anti-idade”, afirma o cientista da RoC®. Essa substância atua na pele promovendo a formação das fibras de colágeno e elastina, ajudando a melhorar a textura da pele, deixando-a com um toque mais sedoso, e aumentando o número de células responsáveis por produzir queratina. A RoC® foi, por sinal, a primeira empresa a estabilizar a molécula de Retinol no mundo.

Vitamina C (ou ácido L-ascórbico)

Vários estudos mostram os benefícios desse ativo no combate aos sinais de envelhecimento. Atuando no combate aos radicais livres, responsáveis envelhecimento, em alguns estudos a vitamina C também tem se mostrado eficaz no estímulo da produção de colágeno, combatendo as linhas finas.

THPE

Produtos com essa substância têm se mostrado muito eficazes na redução de sinais e no rejuvenescimento da pele.

Com que idade começar 

De acordo com Cobeiros não existe uma idade definida, tudo depende se você tem ou não sinais de idade, o que pode variar de acordo com tipo de pele, hábitos como fumar ou beber e exposição ao sol. Para o cientista, se você se preocupa com aparência deve se proteger contra o sol, independente da idade, e se estiver entre os 20 e 30 anos e quiser usar algum produto, prefira algum que tenha vitamina C. Já as idades mais avançadas com sinais de envelhecimento mais evidentes podem optar por produtos que contenham retinol, como o Wrinkle Correxion da RoC ®.

Por que cremes antirrugas são mais caros

Em geral, esses produtos têm preço mais elevado que os demais cosméticos. Isso acontece porque para desenvolver produtos que realmente funcionem existe muita tecnologia e pesquisa envolvidos no processo. Em certos produtos, embalagens específicas devem ser criadas para preservar as substâncias adequadamente. São pesquisas constantes para aperfeiçoar os resultados, testes com novos ingredientes ou ainda, como no caso da RoC®, estudos para que o creme libere mais lentamente os ativos do produto para diminuir a irritação na pele e aumentar o tempo de exposição do retinol,  aumentando sua eficácia. “Tudo isso acaba acarretando custos”, alega o cientista.

 

OPS!

Estamos com algum problema de conexão!

Por favor, atualize a página ou tente novamente mais tarde.