x

Sem neuras com o corpo Celebridades que vão na contramão da obsessão com o corpo perfeito

Fotos no Instagram no espelho da academia, da esteira, da roupa da academia, da saladinha e do whey protein parecem ter virado epidemia. É legal que as pessoas estejam mais preocupada se conscientes com a importância de praticar exercícios e de ter uma alimentação saudável. Mas até que ponto isso não é um indício de uma preocupação excessiva com o corpo? De obsessão pelo padrão estético perfeito?

Surtar porque a calça jeans não está fechando direito não só virou comum, mas se você não se preocupa com isso, provavelmente o resto do mundo te acha um E.T. Pular o jantar, fazer dietas malucas, tomar pílulas de procedência duvidosa para emagrecer, quem nunca fez ou conhece alguém que já fez isso? A obsessão com o corpão “capa de revista” chegou a tal ponto que, quem não liga para nada disso, é considerado estranho.

No indústria do entretenimento essa obsessão é um pouco pior. Quem não consegue se enquadrar nos padrões, é descartado sem dó. Por isso, ver alguém famoso lutar contra esses padrões é quase um suspiro de alívio. O mundo não está tão sem noção assim. Jennifer Lawrence, e Kate Winslet são algumas dos exemplos de celebridades com bom senso, que não se renderam aos padrões estéticos e falam abertamente sobre isso.Em Hollywood, eu sou obesa. Sou considerada uma atriz gorda, disse Jennifer Lawrence em entrevista. Se ela é gorda, não sei o que nós, meras mortais, somos.

jennifer lawrence

Eu era jovem, tinha muito a percorrer para chegar lá. Alguém me disse que eu era gorda, que eu iria ser despedida se eu não perdesse uma certa quantidade de peso. Eles me trouxeram um monte de fotos em que eu estava praticamente nua, e me disseram que era uma motivação para a minha dieta. Na época cedeu, mas hoje sua postura é bem diferente: “Eu sei que isso nunca vai acontecer comigo de novo. Se alguém ao menos tentar sussurrar a palavra ‘dieta’ para mim de novo, eu vou simplesmente mandá-lo se ferrar.

Já Kate Winslet tem orgulho de ser imperfeita. Não tem nenhuma parte do meu corpo que eu odeie ou que eu trocaria com alguém ou desejaria mudar cirurgicamente para me adequar a um padrão fantasioso, afirma.Eu acho importante ressaltar sempre que nós não somos expostos à normalidade. Sinceramente, não conheço ninguém que use tamanho PP. Não, desculpe, tem uma pessoa: minha filha. Esse é o ponto: Mia tem 11 anos de idade, completa.  

kate winslet

Claro, nem ela é imune a comparações. Ela mesma confessa sofrer com o mal de se comparar com outras mulheres, mas sabe ter bom senso. Com frequência olho para mulheres passeando pela cidade usando jeans incríveis e salto alto e pequenas camisetas e penso ‘Eu deveria fazer mais esforço. Eu deveria me vestir assim’. Mas aí penso, ‘elas não podem ser felizes naqueles saltos’, afirma Kate.

 

OPS!

Estamos com algum problema de conexão!

Por favor, atualize a página ou tente novamente mais tarde.